[ editar artigo]

O QUE AS STARTUPS PRECISAM PARA TER SUCESSO: CONHEÇA OS 5 PILARES FUNDAMENTAIS

O QUE AS STARTUPS PRECISAM PARA TER SUCESSO: CONHEÇA OS 5 PILARES FUNDAMENTAIS

Startups nascem de novas ideias e grandes intenções de criar um negócio inovador e lucrativo. Porém, isso não é o bastante para garantir que a empresa seja bem-sucedida e alcance os resultados esperados.

Então, como fazer com que uma startup dê certo e, ainda, possa atrair o interesse de anjos e outras formas de capital de investimento?

Este artigo vai ajudar empreendedores e investidores a entender os cinco principais pilares que as startups precisam desenvolver para ter sucesso.

1.Ideação

A fase de ideação é o princípio de tudo, a ocasião de entender o quanto a proposta é válida, eficaz e aplicável. Por essa razão ela é tão importante. Aqui, são feitas todas as pesquisas de mercado, concorrência e produto, as quais mostrarão se existe espaço, público e relevância para aquilo que se pretende lançar.

Algumas perguntas devem ser respondidas neste estágio: o produto ou serviço verdadeiramente resolve uma dor? Alguma empresa já oferece a mesma solução? Quais são as condições necessárias para produzir ou implementar? A produção ou implementação depende de quais circunstâncias e expertises? 

2.Validação

Depois de estruturar a ideia, chega o momento de validar a viabilidade. É comum que intenções inovadoras surjam, mas na hora de verificar se sua construção ou aplicação é viável, pode haver a descoberta de que não é algo tão aplicável quanto parecia.

A validação vai responder se existe demanda para a oferta, se há fornecedores disponíveis em todas as fases do processo de produção ou implementação, se existe concorrência e, talvez o mais importante, se o potencial cliente realmente vê benefícios e tem interesse naquela solução. 

3.Produto mínimo viável

O MVP (Minimum Viable Product) é uma versão primária e básica do produto ou serviço que possa ser lançada para uso e consumo do público, ou ainda, uma quantidade mínima produzida para testes.

Após as constatações e pesquisas iniciais, o MVP é uma maneira de trazer o conceito para a realidade, verificando na prática o comportamento de todo o fluxo - da concepção até a experiência do cliente - e levando ou não a possíveis aperfeiçoamentos. 

4.Escala

Este pilar se refere ao potencial de crescimento e sustentabilidade. Pensar na escala está diretamente relacionado à expansão da empresa, em termos de faturamento e volume de negócios, sem comprometimento da qualidade da produção, da entrega ou do atendimento ao cliente. Existe a necessidade de que este objetivo esteja previsto e desenhado dentro de uma perspectiva realizável e consistente. 

5.Parcerias agregadoras

O projeto da empresa também requer solidez quanto à formação estrutural e de gestão. O fundador, se não for especialista no mercado onde planeja atuar, tem que contar com algum especialista ao seu lado na liderança da startup. Esse sócio vai justamente complementar o conhecimento e a vivência necessária para conduzir o negócio com assertividade e foco em soluções e resultados. 

Garantir a presença e a qualidade dos cinco pilares que as startups precisam para ter sucesso certamente aumenta o potencial de criar uma empresa próspera.

Além disso, eles são fatores essenciais para atrair o interesse de investidores que queiram contribuir e capitalizar o negócio. 

Para saber mais a respeito de startups e aplicações neste setor, assista a este vídeo. Você vai ouvir experientes investidores falando sobre o que consideram os maiores riscos ao investir nesta modalidade.

 

 

JUPTER 🖖
Ler conteúdo completo
Indicados para você