[ editar artigo]

Mulheres no ecossistema de startups

Mulheres no ecossistema de startups

Uma das missÔes de JUPTER é acelerar a participação de mulheres no papel de investidoras no Brasil. Ainda que o mercado de startups esteja crescendo, a presença feminina como anjos ou em Venture Capital ainda é muito inferior à atuação dos homens.

Mas Ă© muito importante que esse cenĂĄrio mude, e este artigo vai falar um pouco a respeito disso.

Trazer pluralidade de ideias, vivĂȘncias e pontos de vista para os negĂłcios Ă© sempre enriquecedor, por isso, aumentar o nĂșmero de mulheres investindo em startups vai promover grandes benefĂ­cios para o ecossistema.

CenĂĄrio dos investimentos em startups lideradas por mulheres

Uma das possĂ­veis razĂ”es para o baixo nĂșmero de investidoras Ă© a pequena proporção de startups lideradas por mulheres, fato que pode estar relacionado Ă  desigualdade de gĂȘnero no que se refere Ă  renda e patrimĂŽnio.

De acordo com uma pesquisa do Distrito, somente 4,7% desse perfil de empresas brasileiras são fundadas por mulheres. Além disso, de todo o aporte feito em 2020, apenas 0,04% foi destinado a empreendedoras.

Por outro lado, um nĂșmero importante para se considerar vem do estudo da McKinsey Global Institute, que mostra um possĂ­vel incremento de US$12 trilhĂ”es Ă  economia global se houvesse maior avanço na equiparação de gĂȘnero nos negĂłcios.

Quando se olha para o universo de investidores, a parcela de mulheres é de 7%. Então, para que esse potencial seja valorizado e fortalecido, algumas mudanças precisam acontecer:

  • maior acesso Ă s mulheres na liderança das empresas;

  • maior acesso a capital para empreendimentos liderados ou fundadas por mulheres;

  • mais mulheres optando por startups como ativo;

  • mais teses desenvolvidas com lentes de gĂȘnero e apostando em outras mulheres.

Em entrevista a JUPTER, Mariana Foresti, que atua neste mercado, afirma que “É preciso aumentar o volume de oportunidades e trabalhar na origem (...). Precisamos de mais incentivo na fase da ideia e uma das formas de fazer isso Ă© ter mais mentoras investidoras para gerar identificação.”

BenefĂ­cios em fomentar o empreendedorismo feminino

A diversidade, por si sĂł, jĂĄ Ă© um elemento que agrega muitas vantagens a equipes de trabalho. No caso da presença feminina, alĂ©m do talento profissional, ainda existem as contribuiçÔes comportamentais que sĂŁo comuns ao a elas, como atenção Ă  excelĂȘncia, carisma e empatia, assim como a tendĂȘncia Ă  maior flexibilidade e a um olhar mais detalhista, o que, entre outras coisas, eleva as chances de sucesso em discussĂ”es e negociaçÔes.

Ainda falando em benefĂ­cios, um estudo realizado em parceria entre o Boston Consulting Group (BCG) e a MassChallenge mostrou que negĂłcios criados por mulheres geram quase trĂȘs vezes mais retorno. 

Mulheres na Ăłrbita de JUPTER

JUPTER, para incentivar o crescimento dessa participação e trazer mais mulheres para esse universo de investimentos, promove açÔes com grupos de investidoras e oferece bÎnus para a participação na jornada de formação Investor Trek.

A ideia Ă© que com mais mulheres preparadas para investir, consequentemente, mais empreendedoras sejam ouvidas e escolhidas, gerando um fluxo positivo de crescimento.

O Investor Trek prepara e orienta investidores, promovendo experiĂȘncias que constroem uma verdadeira formação nesta modalidade de aplicaçÔes de risco.

 

Quer ter mais informaçÔes a respeito de investimento em startups ou ficar atualizado com as novidades deste mercado? Faça sua inscrição e tenha acesso a conteĂșdos exclusivos e atuais.

 

JUPTER 🖖
Ler conteĂșdo completo
Indicados para vocĂȘ